biografia

Mensagem aos associados

396562_475396059151226_1253772082_nA esta altura, tendo em vista o atual grau de consciência acerca dos direitos humanos e do respeito a diversidade, penso que seria desnecessário que eu viesse a público expor aspectos relativos a minha condição de pessoa com deficiência visual na intenção de defender a minha plena capacidade de presidir a ASMPF.
Todavia, tenho me deparado com manifestações da mais repugnante discriminação, manifestações extremamente preconceituosas que maliciosamente buscam ofuscar minha candidatura a presidência da ASMPF, colocando em dúvida minha capacidade em função da deficiência visual.
Estou certo de que tais manifestações partem de um grupo isolado, que tenta, de uma forma torpe, conter as adesões a chapa 3, Ação e Inclusão, que eu encabeço e que de fato é a única capaz de realizar as mudanças a que todos anseiam.
Tenho a consciência de que tudo que foge do padrão chama a atenção e que minha deficiência visual provoca curiosidades, o que é plenamente normal. Deixo claro que não tenho problema algum em falar sobre minha limitação visual. Muito pelo contrário, sempre estimulo as pessoas para que tirem todas as suas dúvidas acerca dessa temática da deficiência, pois a informação é o remédio mais eficaz para quebrar preconceitos e estigmas.
E é justamente com este espírito que venho falar um pouco sobre minha deficiência.
Perdi a visão do olho esquerdo aos sete anos de idade, por conta do descolamento de retina que se deu em virtude de seu enfraquecimento frente a um alto grau de miopia. Apesar do tratamento e das  precauções dispensadas, cinco anos mais tarde, o mesmo viria a ocorrer no olho direito. Passei por três cirurgias, sem obter grande êxito.
Assim, aos 12 anos, eu perdi por completo a visão.
Certamente, a mudança foi radical e eu, já no início da adolescência, tive que lidar com sérios desafios.
Graças a Deus, pude contar com o apoio de meus pais, o que foi fundamental nessa fase extremamente complicada da minha vida.
Eu tinha muito medo de não poder realizar os típicos sonhos de um adolescente e, para fugir desse temor e buscar minha realização, decidi ocupar ao máximo o meu tempo com as coisas que eu gostava, pois assim teria poucas oportunidades para lamentar a limitação em decorrência da cegueira.
Durante minha adolescência, fiz vários cursos que me proporcionaram importantes habilidades . Cursei inglês e espanhol; informática e programação. Hoje tenho habilitação em análise de sistemas e sou consultor em acessibilidade digital. Estudei na Escola de música de Brasília, cursando piano e violão. Atualmente, sou músico profissional, integrante da Ordem dos Músicos do Brasil.
Sou formado em Relações Internacionais e Direito, especialista em Direitos Humanos e pós graduado em Direito Público.
Passei em diversos concursos  e trabalhei em vários órgãos da Administração Pública.
Fui Agente Educacional da Secretaria da Educação do DF, trabalhando na Biblioteca Braille Dorina Nowill. Na oportunidade, fui responsável pela Imprensa Braille, pela informatização das rotinas, pela geração de acervo digital, e pela organização de vários festivais e eventos culturais.
Posteriormente, fui Analista em Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, trabalhando na área de cooperação técnica internacional.
Atuei, também, como Analista Pleno da Apex Brasil, trabalhando pela promoção dos produtos brasileiros no exterior e pelo fomento de investimentos estrangeiros no Brasil.
Hoje, sou Analista Processual do MPF, trabalhando na PFDC, onde, dentre outras atribuições, tenho por incumbência assessorar o Procurador Federal dos Direitos do Cidadão nas matérias pertinentes aos Direitos Humanos, especialmente, dos direitos das Pessoas com deficiência.
Estou convicto de possuir a experiência e a qualificação necessária para tomar a frente na gestão da ASMPF. Desde já, me comprometo a dedicar a nossa associação a mesma energia e determinação que tive para enfrentar todos os desafios com os quais me deparei durante toda a vida e que, graças a Deus, consegui superar com grande êxito.
Desse modo, meu caro eleitor, peço seu voto de confiança para que possamos juntos realizar as mudanças necessárias para que A ASMPF, de fato, se torne um espaço de congraçamento e inclusão de todos aqueles que contribuem ou que já contribuíram para o importante trabalho de nossa Instituição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s